De virada, Brasil estreia com vitória sobre a Itália

10 Jun 2016 11:58 Vicente Condorelli slideshow     Imprimir
De virada, Brasil estreia com vitória sobre a Itália Foto: Brasil comemora ponto contra a Itália / Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

A seleção brasileira feminina de vôlei estreou com vitória na edição 2016 do Grand Prix. De virada, a equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu a Itália, nesta quinta-feira (09.06), por 3 sets a 1 (23/25, 25/15, 25/15 e 27/25), em 1h43 de jogo, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. Brasileiras e italianas estão no grupo B, que conta ainda com Japão e Sérvia.

O Brasil voltará à quadra nesta sexta-feira (10.06) às 14h10 contra o Japão. A TV Globo e o SporTV transmitirão ao vivo.

A ponteira Natália foi a maior pontuadora do confronto com 16 pontos. A oposta Sheilla, com 15, a ponteira Fernanda Garay e a central Fabiana, com 14 cada, também pontuaram bem pela equipe dona da casa. No lado da Itália, a atante Egonu foi quem mais marcou com 15 acertos.

Um dos destaques da partida com sete pontos de bloqueio, a central Fabiana comentou sobre a atuação das brasileiras contra as italianas.

“Foi um jogo importante. Começamos a partida um pouco ansiosas, mas depois entrarmos no nosso ritmo. O mais importante foi termos sentido o clima e a vibração da torcida. Agora, temos que pensar em ajustar cada vez mais o nosso grupo. O Grand Prix vai nos dar uma base para sabermos como estamos”, explicou a central Fabiana.

A ponteira Natália, que marcou 11 pontos de ataque e cinco de bloqueio, chamou a atenção para a possibilidade de disputar as partidas do Grand Prix dentro do Parque Olímpico.

“É muito bom respirar o ar dos Jogos Olímpicos. Viver esse momento no Brasil é incrível. Estamos nos preparando bastante para conseguir um grande resultado nos Jogos do Rio”, disse Natália.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise do duelo desta quinta-feira contra a Itália.

“Já sabia que a Itália ia arriscar. Elas têm um time com atacantes fortes que está com um bom ritmo de jogo. Sofremos no quarto set, o que não pode acontecer. Essa foi a primeira partida oficial do grupo na temporada e precisamos dar ritmo de jogo para a equipe”, analisou José Roberto Guimarães, que ainda falou sobre o duelo desta sexta-feira contra o Japão.

“É um novo jogo. O Japão exige mais do nosso sistema defensivo. É uma equipe que trabalha mais a bola e pede mais atenção”, afirmou José Roberto Guimarães.

Entenda o Grand Prix:

De 9 a 26 de junho, as 12 principais seleções disputarão a fase classificatória. A cada semana serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à Fase Final, que contará ainda com a Tailândia, país sede. A Fase Final acontecerá de 6 a 10 de julho, em Bangcoc, na Tailândia.

O JOGO

A Itália começou melhor a partida e fez 5/2. O Brasil cresceu de produção e virou o marcador (8/7). Bom ataque de Natália e as brasileiras seguraram a vantagem (10/9). Com um ponto de bloqueio, as donas da casa abriram dois pontos (16/14). Quando a Itália empatou (17/17), o treinador José Roberto Guimarães pediu tempo. Bem no bloqueio, a Itália abriu dois pontos (23/21). As italianas seguram a vantagem até o final e venceram o primeiro set por 25/23.

O Brasil voltou melhor para o segundo set e fez 11/6. O Brasil seguiu ditando o ritmo da parcial e com um erro das italianas abriu oito pontos (18/10). Bem no bloqueio, o time verde e amarelo fez 20/10. A ponteira Fernanda Garay conseguiu um ace e as donas da casa venceram a segunda parcial por 25/15.

As brasileiras seguiram melhores no início da terceira parcial e fizeram 5/3. Depois de dois pontos de saque da levantadora Dani Lins, o Brasil fez 9/5. A central Juciely cresceu de produção e o time verde e amarelo abriu oito pontos (15/7). O bloqueio brasileiro novamente se destacou e as donas da casa fizeram 22/12. O Brasil seguiu melhor até o final e venceu o terceiro set por 25/15.

A quarta parcial começou equilibrada. A Itália foi para o primeiro tempo técnico com um de vantagem (8/7). As italianas tinham três de vantagem no segundo tempo técnico (16/13). O Brasil conseguiu uma grande reação no final da parcial e venceu o set por 27/25 e o jogo por 3 sets a 1.

Equipes:

Brasil – Dani Lins, Sheilla, Fê Garay, Natália, Fabiana e Juciely. Líbero – Camila Brait
Entraram – Roberta, Tandara e Gabi
Técnico – José Roberto Guimarães

Itália – Danesi, Malinov, Chirichella, Anastacia, Sylla e Egonu. Líbero – De Gennaro
Entraram – Ortolani, Spirito, Cambi e Diouf
Técnico – Marco Bonitta

Jogos do Brasil no Grand Prix

09.06 (Quinta-feira) – Brasil 3 x 1 Itália (23/25, 25/15, 25/15 e 27/25)
10.06 (Sexta-feira) - Brasil x Japão - 14h10 – TV Globo e SporTV
12.06 (Domingo) - Brasil x Sérvia - 10h05 – TV Globo e SporTV

Galeria de fotos:

http://2016.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/25092-rio-de-janeiro-rj-09-06-2016-brasil-x-italia.html

Público Presente: 3.221 pessoas

O Banco do Brasil é patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Parceiros Oficiais
2017 © Copyright CBV. Desenvolvimento: RioMarca Agência Web