Brasil é superado pelos Estados Unidos e luta por medalha neste domingo

25 Jul 2015 23:57 #GrandPrix     Imprimir
Brasil é superado pelos Estados Unidos e luta por medalha neste domingo Foto: Dani Lins em ação contra os Estados Unidos / Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei segue com chance de medalha na edição 2015 do Grand Prix. Neste sábado (25.07), o Brasil foi superado pelos Estados Unidos por 3 sets a 0 (25/16, 25/22 e 25/21), em 1h29 de jogo, no CenturyLink Center, em Omaha, nos Estados Unidos. Com o resultado, as norte-americanas ficaram com o título da competição pela sexta vez. O time verde e amarelo continua como o maior vencedor, com 10 conquistas. 

O Brasil lutará por um lugar no pódio neste domingo (26.07). As brasileiras encerrarão sua participação no Grand Prix às 17h10 (Horário de Brasília) contra a Itália. O SporTV transmitirá ao vivo. 

Com o título já garantido pelos Estados Unidos, Brasil, China, Rússia e Itália brigam por um lugar no pódio da competição. Os EUA lideram, com 12 pontos, a China aparece em segundo, com sete, a Rússia em terceiro, com seis, e o Brasil está em quarto, com seis, mas com um saldo de sets pior do que as russas. 

A oposto Monique foi a maior pontuadora entre as brasileiras contra os Estados Unidos, com 12 acertos. Pelo lado das donas da casa, a central Harmotto foi quem mais marcou no confronto, com 14 acertos. 

A central Juciely, que marcou sete pontos na partida, lamentou a derrota para os Estados Unidos, mas garantiu que o Brasil segue focado na busca por uma medalha. 

“Não conseguimos o nosso melhor desempenho no jogo. Temos que parabenizar os Estados Unidos pela boa partida que elas fizeram. No entanto, vamos seguir lutando neste Grand Prix. Temos uma partida importante neste domingo contra a Itália e vamos buscar essa medalha”, disse Juciely.
 
O treinador Paulo Coco comentou sobre a partida contra os Estados Unidos e falou da importância do jogo deste domingo contra a Itália. 

“Os Estados Unidos nos pressionaram desde o início. Tivemos chances no segundo e terceiro sets, mas não conseguimos concretizar isso em pontos. As norte-americanas hoje estão em um nível acima do nosso e mereceram a vitória com todos os méritos”, afirmou Paulo Coco, que ainda falou sobre o próximo adversário do time verde e amarelo.

“A partida de amanhã contra a Itália vale um pódio e vamos lutar até o final pela melhor classificação possível”, garantiu Paulo Coco. 

O JOGO

A partida começou equilibrada. Os Estados Unidos foram com um de vantagem para a primeira parada técnica (8/7). Bem nos contra-ataques e com volume de jogo, as donas da casa fizeram três pontos seguidos (11/7) e o treinador Paulo Coco pediu tempo. Com um ace da oposto Monique, o Brasil encostou (11/9). O Estados Unidos voltaram a sacar e bloquear com eficiência e abriram cinco pontos (18/13). As norte-americanas seguiram melhores até o final e venceram o primeiro set por 25/16. 

O Brasil voltou melhor para o segundo set e fez 4/1 com um ace da central Juciely. A atacante Carol se destacava no bloqueio e no ataque e o time brasileiro fez  9/4. Bem no saque, os Estados Unidos encostaram no marcador (9/7) e treinador Paulo Coco pediu tempo. O set ficou disputado ponto a ponto. O Brasil tinha um de vantagem no segundo tempo técnico da parcial (17/16). Os Estados Unidos foram melhores na parte final da parcial e levaram a melhor no segundo set por 25/22. 

Os Estados Unidos começaram melhores a terceira parcial e fizeram 6/3. Bem no saque, o Brasil encostou no marcador (7/7). O Estados Unidos voltaram a sacar com eficiência e abriram novamente vantagem no placar. As norte-americanas seguraram uma reação das brasileiras e fecharam o terceiro set por 25/21 e o jogo por 3 sets a 0. 

EQUIPES: 

BRASIL: Dani Lins, Monique, Natália, Gabi, Juciely e Carol. Líbero – Léia     

Entraram:  Roberta, Ivna, Suelle e Ellen 

Técnico – Paulo Coco 

ESTADOS UNIDOS: Kreklow, Lowe Karsta, Robinson, Hill, Akirandewo e Harmotto.  Líbero - Banwarth

Entraram: Larson, Thompson e Murphy 

Técnico – Karch Kiraly 

GALERIA DE FOTOS:

http://worldgrandprix.2015.fivb.com/en/preliminary-round-group1/schedule/5855-usa-brazil/post#mediaGallery

GRAND PRIX 2015

BANGCOC (TAILÂNDIA) 

(03.07) – Brasil 3 x 1 Japão (21/25, 25/21, 25/17 e 27/25) 

(04.07) – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/20, 25/15 e 25/15) 

 (05.07) – Brasil 3 x 0 Tailândia (25/18, 25/13 e 25/23) 

SÃO PAULO (BRASIL) 

(10.07) – Brasil 3 x 0 Bélgica (25/17, 25/16 e 25/14)  

(11.07) – Brasil 3 x 1 Tailândia (25/23, 20/25, 25/14 e 25/19) 

(12.07) – Brasil 3 x 0 Alemanha (26/24, 25/22 e 26/24)

CATANIA (ITÁLIA) 

(16.07) – Brasil 3 x 0 Rússia (25/18, 25/14 e 25/17) 

(17.07) – Brasil 3 x 0 Bélgica (25/14, 25/17 e 25/23) 

(18.07) – Brasil 3 x 0 Itália (25/17, 26/24 e 25/17)   

FASE FINAL 

(22.07) – Brasil 3 x 1 China (23/25, 25/20, 25/16 e 25/14) 

(23.07) – Brasil 0 x 3 Rússia (19/25, 26/28 e 19/25)
 
(24.07) – Brasil 3 x 0 Japão (25/21, 25/23 e 25/16) 

(25.07) – Brasil 0 x 3 Estados Unidos (16/25, 22/25 e 21/25)  

(26.07) – Brasil x Itália, às 17h10 (Horário de Brasília) 
Transmissão: SporTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

Patrocinadores

Banco do Brasil - Patrocinador oficial do vôlei brasileiro Olimpykus Ministério do Esporte Gol Mikasa Gatorade Nivia EY - Building a better working world
2017 © Copyright CBV. Desenvolvimento: RioMarca Agência Web